26 de maio de 2016

Escritor parceiro: Rodrigo Assis Mesquita

Rodrigo Assis Mesquita era um quase-parceiro do Sonhos, Imaginação & Fantasia, tanto que já resenhei seus contos Destroços do Passado e Quatro Heróis e um Bardo, que vocês podem conferir aqui, e a primeira novela da série Brasil Cyberpunk 2115, Você não pode ter tudo o que quer. Por isso, hoje estou apenas oficializando a parceria. Abaixo vocês podem conhecer melhor o autor e conferir todas as suas obras publicadas:

"Rodrigo Assis Mesquita veio ao mundo, sem o Assis, como um pequeno cabeçudo ruivo em 1981. Cresceu vendo filmes de ação, comédia e aventura nos insanos anos 80, sobrevivendo aos teclados eletrônicos e aos shortinhos de ginástica. Conheceu sua esposa, revisora e entusiasta há mais de dez anos. É fã de Douglas Adams, Neil Gaiman e Queen.
Escritor de ficção. Bacharel em Direito e Mestre em Direito do Estado pela USP. Membro e colunista do Clube de Autores de Fantasia".


24 de maio de 2016

Resenha | A Última Chave

Título: A Última Chave: Realidade em um Mundo Paralelo
Autor: Camila M. Guerra
Ano de publicação: 2015
Editora: Independente
Número de páginas: 174
Sinopse: Sofia mantém sua vida nas rédeas e está muito feliz sozinha. Até o dia em que encontra um livro intrigante que muda completamente a sua vida, envolvendo-a em uma série de sonhos estranhos.
Sem querer, ela passa a viver experiências muito intensas fora do corpo. Essas experiências trazem para sua vida um tufão, que bagunça seu auto-controle e, de quebra, traz-lhe uma indesejada e arrebatadora paixão e uma batalha incansável contra um inimigo feroz.
Sonho ou realidade?
A realidade nos sonhos pode ser implacável e verdadeira…

21 de maio de 2016

Lançamento de "Sombras" + entrevista com a autora

Hoje trago uma excelente novidade para vocês: a parceira Jana P. Bianchi lançou recentemente um novo e-book. O conto, ambientado no mesmo universo de A Galeria Creta, é intitulado Sombras, e conta a história de Domenico Trovatelli, o lobisomem mais antigo do mundo. O conto tem uma capa linda (com a arte de Caique Guerra), e já está disponível para compra na Amazon:

Título: Sombras
Editora: Independente
Ano de publicação: 2016
Número de páginas: 40
Adicione: Skoob | Goodreads
Sinopse: Um lobisomem pressente quando vai morrer. Esta é a história de Domenico Trovatelli, o lobisomem mais velho do mundo. Enquanto se prepara para sua última transformação em um convento no interior de Minas Gerais, Nico conta sua história. Uma história de espada e magia, sangue e flores, lealdade e amor.

Embora Sombras seja ambientado no mesmo universo de A Galeria Creta, não é continuação de Lobo de Rua (embora tenhamos o aparecimento de nosso adorado Tito Agnelli), então você pode ler o conto mesmo que não tenha lido a novela (mas eu recomendo que o faça em algum momento, pois garanto que terá uma excelente leitura)! Na página A Galeria Creta, no Facebook, vocês podem conferir mais detalhes sobre o novo conto.

19 de maio de 2016

Resenha | O Filtro dos Sonhos

Título: O Filtro dos Sonhos
Autor: Camila M. Guerra
Ano de publicação: 2015
Editora: Independente
Número de páginas: 41
Sinopse: Olívia sofre por semanas a fio, atormentada por uma insônia implacável, até que um presente inesperado e inusitado contraria suas crenças e revela um mundo surpreendente. Em ‘O filtro dos Sonhos’ o estado de vigília e os sonhos se combinam e trazem à realidade a magia do amor. Onde estará o anjo dos seus sonhos?
Um conto para você sonhar e se apaixonar.

16 de maio de 2016

Resenha | Revista Trasgo - Edição 2

Título: Trasgo – Edição 2
Autor: Rodrigo van Kampen (organizador), Alex Leão (ilustrador), Albarus Andreos, Ana Lúcia Merege, Cristina Lasaitis, George Amaral, Jim Anotsu e Victor Oliveira de Faria.
Ano de publicação: 2014
Editora: Independente
Número de páginas: 100
Sinopse: A revista Trasgo é uma revista de ficção científica e fantasia brasileira, editada trimestralmente. Para esta edição, contamos com a participação de Ana Lúcia Merege com Rosas, um belo conto escrito nas entrelinhas; Victor Oliveira de Faria resgata o sentimento dos clássicos da era de ouro da FC com seu Cinco Bilhões; e Jim Anotsu homenageia o teatro clássico inglês à la cultura pop em Hamlet: Weird Pop. Também temos um pequeno conto cyberpunk, Código Fonte, de George Amaral e um delicioso exercício de estilo de Albarus Andreos com A Maldição das Borboletas Negras. Para fechar esta edição, Cristina Lasaitis nos permitiu publicar seu ótimo O Homem Atômico, um conto urbano entre a ficção científica e a história alternativa.

11 de maio de 2016

Escritora parceira: Camila M. Guerra

Hoje venho lhes apresentar a primeira escritora parceira do SI&F em 2016: Camila M. Guerra. Ela já tem publicados três livros, um conto e um miniconto. Abaixo vocês poderão conhecer a autora e suas obras em detalhes:

Facebook | Twitter e Instagram: @milamguerra

Formada em administração de empresas, atualmente divide seu tempo entre o trabalho de tradutora e a paixão pela escrita. Leitora assídua desde a infância por influência da mãe e da avó, a escrita floresceu na adolescência, época em que idealizou seu primeiro livro, o infantojuvenil O Caminho. Estreou como escritora em janeiro de 2015 na Amazon com seu primeiro romance A Última Chave – Realidade em um Mundo Paralelo. A essa seguiram-se outras publicações como o conto longo O Filtro dos Sonhos e o segundo romance, As Flechas de Tarian, este último uma trilogia ainda em desenvolvimento. Entre textos técnicos e não técnicos nos estilos mais diversos, a paixão por escrever ideias fez seus textos rodarem o mundo, em artigos produzidos para revistas internas das multinacionais para as quais trabalhou. Atualmente continua escrevendo em tempo integral, seja traduzindo, blogando ou produzindo seus livros.

E seus livros já publicados:

9 de maio de 2016

Resenha | A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison

Título: A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison (Brasiliana Steampunk #1)
Autor: Enéias Tavares
Ano de publicação: 2014
Editora: Fantasy
Número de páginas: 320
Sinopse: Porto Alegre. Dirigíveis gigantescos dominam o céu. Abaixo, o vapor cinzento dos bondes, das fábricas e dos estaleiros ao redor soma-se à fumaça dos charutos, dos cachimbos e das cigarrilhas. Vozes robóticas, barulho de hélices e maquinários misturam-se ao alarido do povo. De um Zepelin, desembarca Isaías Caminha, um jornalista carioca enviado à cidade para escrever uma matéria sobre o assassino em série Antoine Louison, que há poucos dias assombrava o local com um verdadeiro show de horrores — a exposição dos órgãos de suas vítimas. A aventura começa depois que o Dr. Louison, finalmente capturado e preso no hospício, desaparece misteriosamente de sua cela de segurança máxima sem deixar vestígios. Nesta busca pelo paradeiro do assassino, Isaías e um grupo de investigadores ainda vão topar com conhecidos do Dr. Louison, pertencentes a uma sociedade secreta de intelectuais, chamada Parthenon Místico, que estão dispostos a tudo para defendê-lo e desmascarar os criminosos. Esses amigos de Louison são alguns aclamados personagens da literatura brasileira, em reinvenção — Rita Baiana e Pombinha, de Aluísio Azevedo, Simão Bacamarte, de Machado de Assis, Solfieri, Álvares de Azevedo, entre outros.

2 de maio de 2016

Resenha | A Lança do Deserto

Título: A Lança do Deserto (Ciclo das Trevas #2)
Autor: Peter V. Brett
Ano de publicação: 2015
Editora: Darkside
Número de páginas: 720
Sinopse: O sol está se pondo sobre a humanidade. A noite agora pertence aos demônios vorazes, que se alimentam de uma população cada vez menor, obrigada a se esconder atrás de símbolos esquecidos de poder. As lendas falam de um Salvador: um general que certa vez reuniu toda a humanidade e derrotou os demônios. Mas seria o retorno do Salvador apenas mais um mito? Ahmann Jadir é o líder das tribos reunidas do deserto. Sua lança e sua coroa ancestrais são os argumentos de que precisa para proclamar a si mesmo Shar’Dama Ka, o Salvador. Os habitantes do norte discordam. Para eles, o Salvador não é outro senão o Arlen Bales, Protegido.
Houve um tempo em que Shar’Dama Ka e o Protegido eram amigos. Agora são adversários violentos e cruéis. Mesmo que antigas lealdades sejam colocadas à prova e novas alianças sejam criadas, a humanidade ainda não tem consciência do aparecimento de uma nova espécie de demônio, mais inteligente e mortal que todos os que existiam até então. Ainda existe luz na escuridão. Use-a para enfrentar os demônios do Ciclo das Trevas.

Esta resenha pode conter spoilers de O Protegido, volume anterior da série.