8 de março de 2017

Iniciativa BLU | Tag: Girl Power

Na segunda parte do #EspecialSIFMulher, trago a tag Girl Power, idealizada pelo pessoal do BLU – Blogueiros Literários Unidos. A tag tem 12 perguntas, e qualquer um que queira responder está convidado, seja em seu blog ou mesmo nas redes sociais, para quem não tem um canal próprio. Vamos indicar livros!


1. Personagem favorita


Já falei sobre ela no post de ontem: definitivamente é Luna Lovegood. É uma personagem que eu admiro muito pelo seu jeito de ser.


2. Escritora nacional favorita


Acho que nem preciso pensar muito aqui: Jana P. Bianchi, autora de Lobo de Rua e Sombras. Começou sua jornada de maneira independente, mas agora Lobo de Rua tem uma edição nova (e lindíssima) pela Dame Blanche. Quem acompanha o SI&F já sabe, mas não custa repetir: recomendo muitíssimo o que ela escreve, além de admirar a forma profissional como ela encara o ofício de escritora.

Porque além de escrever muito bem ela ainda faz parte de várias iniciativas que apoiam outros escritores, como o Clube de Autores de Fantasia e o Pacotão Literário (que tem o podcast Curta Ficção, ótimo também), com Thiago Lee. Ela também tem um conto (excelente, lógico) na Trasgo #9, Analogia, e ainda me ajudou na edição de Trópicos Fantásticos (que também tem conto dela!).

Em resumo: leia tudo da Jana P. Bianchi.


3. Escritora estrangeira favorita


Ainda é J. K. Rowling. Foi Harry Potter que despertou em mim o desejo de contar histórias, e eu praticamente cresci lendo os livros, então tem um apelo emocional envolvendo a série. Sem contar que eu a admiro como escritora: ela sabe prender o leitor e manda muito bem no foreshadowing (artigo em inglês). Foi minha primeira influência naquilo que eu escrevia (não é à toa que minhas histórias têm investigação, haha).

4. Antagonista favorita


Vou aproveitar para fazer um apelo aos escritores e escritoras: escrevam mais vilãs legais, daquelas que amamos odiar e secretamente admiramos. Mesmo nos livros escritos por mulheres encontramos, em sua maioria, vilões masculinos. Tanto que as únicas vilãs que me vieram à mente, que são realmente memoráveis, foram a Sra. Coulter, de Fronteiras do Universo, e Dolores Umbridge — essa mesma, que amamos odiar. Vou deixar a indicação para a Sra. Coulter, uma vilã que considero bem construída!


5. Melhor livro escrito por uma mulher


Minha ideia aqui não era repetir a J. K. Rowling, mas se eu não reconhecesse Harry Potter e as Relíquias da Morte como meu livro favorito, não estaria sendo sincera. Ainda não vou esquecer da época em que li o livro pela primeira vez, depois de esperar tão ansiosamente pelo lançamento.


6. Melhor cena protagonizada por uma personagem feminina


Aquela em que Hermione Granger dá um soco em Draco Malfoy. Adoro essa cena, hahaha!

7. Melhor conto escrito e/ou protagonizado por uma mulher


O Vento do Oeste foi escrito por Liége Báccaro Toledo e me agradou muito, tanto pela escrita, que é excelente, quanto pelo enredo e pela ambientação, que foram muito bem trabalhados também. O conto pode ser lido gratuitamente e está disponível na terceira edição da Trasgo. Inclusive o conto está na minha lista de favoritos da revista, e vai aparecer no primeiro volume físico da Trasgo.

8. Um livro com uma protagonista negra


Infelizmente, não encontrei nenhum livro escrito por uma mulher — dentre aqueles que já li — que tivesse uma protagonista negra. Assim, vou indicar aqui A Lição de Anatomia do Dr. Louison, em que o assassino que aterroriza a Porto Alegre retrofuturista divide o protagonismo com Beatriz de Almeida & Souza (que é, aliás, uma ótima personagem).


9. Um livro com uma protagonista LGBT+


Revirei minha estante no Skoob, mas confesso que não consigo lembrar de nenhum livro em que uma personagem LGBT+ seja a protagonista. Então vou recomendar um livro de contos: Às vezes eu ouço minha voz em silêncio, de Priscilla Matsumoto. São vários contos protagonizados pelas mulheres mais diversas, incluindo várias mulheres LGBT+. Recomendo muito a leitura!


10. Um livro em que a mulher salva o mocinho


Em A torre acima do véu, Beca, a protagonista, tem que salvar seu irmão. Aliás, Beca foi um dos pontos positivos do livro, fugindo bastante dos clichês que encontramos em protagonistas de livros YA.


11. A personagem que pior representa o gênero feminino


Não podia deixar de falar sobre a trilogia A Seleção, de Kiera Cass. Os dois primeiros livros até me agradaram, mas o terceiro livro me decepcionou muito, e em parte por causa das personagens. America Singer já não é uma das minhas personagens favoritas, e o livro ainda tem várias outras que, acredito, sejam uma má representação do gênero feminino, como foi o caso da garota que foi a melhor amiga dela durante o processo da seleção e também da garota que foi sua pior inimiga (uma personagem que, além de ser estereotipada, ainda mudou completamente de personalidade de uma hora para outra, e com uma motivação bem fraca).

Leia as resenhas:

12. Um livro escrito por mulher que você indica (e por quê)


Indico muitos! Mas, se tenho que escolher um, vou indicar Tykhe, de Thais Rocha. É um livro que pode te deixar com um pé atrás por causa das poucas páginas, mas que surpreende pela boa narrativa e pelo enredo instigante. Mistura lobisomens e vampiros com mitologia grega, e certamente deveria ser lido por mais pessoas. Para quem gosta de contos, Thais escreveu um prequel da série para Trópicos Fantásticos.




Leia também:



Assine a newsletter!
Receba em seu e-mail, mensalmente, novidades para escritores, leitores e blogueiros, conteúdo exclusivo e os últimos posts do SI&F.

ou siga as atualizações do blog nas redes sociais:
Facebook | Twitter | Google + | Instagram | Pinterest

4 comentários :

  1. Gostei de suas escolhas, apesar de não conhecer alguns dos livros que citou
    Concordo muito com as personagens de A Seleção não representarem bem o nosso gênero, o livro daria uma ótima história sem todo esse estereótipo.
    Beijos!

    http://estantefantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, A Seleção tem várias personagens bem estereotipadas. E leia os livros que recomendei, são muito bons!

      Abraços e obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Amei suas escolhas, não conhecia alguns... JK Rowling dominou né? hahah eita, mulher maravilhosa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. J. K. Rowling não consegue não dominar, hahaha!

      Abraços e obrigada pela visita.

      Excluir

Sinta-se à vontade para deixar opiniões, dúvidas e sugestões. Se tiver um blog, deixe o link ao final de seu comentário para que eu possa visitá-lo.

Ao comentar, tenha bom senso (ou leia isto), de modo a evitar que seu comentário não seja publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...